Ecoendoscopia

Gastroendo Rio de Janeiro RJ Gastroenterologia Exames Ecoendoscopia
O que é?

A ecoendoscopia, também conhecida como ultrassom endoscópico, é um exame que permite ao médico avaliar a mucosa do aparelho digestivo, além da avaliação ultrassonográfica de estruturas vizinhas como fígado, pâncreas e vesícula biliar, combinando as técnicas de ultrassonografia com a endoscopia.

Essa técnica permite a visualização de órgãos internos do aparelho digestivo alto, como esôfago, estômago, duodeno, vesícula biliar e pâncreas, e baixo, como reto e cólon, possibilitando uma avaliação precisa e detalhada.

 
A importância do exame

A ecoendoscopia desempenha um papel fundamental no estadiamento de lesões que acometem o esôfago, estômago, duodeno e reto e, também vesícula e pâncreas. Ela pode fazer parte da investigação da dor abdominal e pancreatite de origem desconhecida.

É um procedimento pouco invasivo da via biliopancreática e, também pode ser terapêutico como na drenagem ecoguiada de abcessos e pseudocistos de pâncreas.

Como é o preparo?

Como a maior parte das indicações desse procedimento é para avaliação de doenças do tubo digestivo alto, devemos obedecer a um tempo de jejum, semelhante à de uma endoscopia digestiva alta. Por vezes, quando há indicação de examinarmos estruturas pélvicas, o exame será pelo ânus, assim então será necessária uma limpeza prévia do reto.

Ecoendoscopia alta:

Ecoendoscopia baixa:

O que esperar durante o exame?

A Ecoendoscopia é um procedimento seguro, indolor e é sempre realizado sob sedação venosa monitorada por um médico anestesiologista.

O exame dura em média 50 minutos. Pode ser necessária a punção aspirativa de determinadas lesões em que haja a necessidade de obter material, que será analisado em laboratório.

Essa coleta será realizada por uma fina agulha de punção, ecoguiada a vácuo, de diminuto calibre, menor que 3mm.

 
Recuperação e resultados

Após o exame, você permanecerá em observação até sua completa recuperação. Você pode sentir algum desconforto por causa do ar introduzido no estômago, se realizar a ecoendoscopia alta, ou cólon, se tiver sido submetido a ecoendoscopia baixa. Isso irá desaparecer rapidamente quando os gases forem naturalmente eliminados.

O resultado da ecoendoscopia será entregue imediatamente após o procedimento, e o médico irá explicá-lo a você e ao seu acompanhante.

Em casos de coleta de material (punção), essa será encaminhada ao laboratório e os resultados serão liberados alguns dias depois.

Durante um período de aproximadamente 12 horas após o exame você não deve dirigir veículos, operar máquinas e objetos cortantes ou tomar decisões importantes, pois os medicamentos utilizados na anestesia alteram os reflexos e o seu raciocínio. Por isso é exigido que você venha acompanhado de uma pessoa maior de 18 anos e capaz. Também não é permitida a ingestão de bebidas alcoólicas nas primeiras 24 horas após o exame.

Perguntas frequentes

Medicamentos para hipertensão, arterial, arritmia, asma, bronquite e depressão, devem ser continuados, mesmo no dia do exame. Se diabético, não deverá tomar as medicações para diabetes no dia do exame, mas seu médico deverá ser consultado quanto a possibilidade de suspensão, assim como, sobre a possibilidade e o tempo necessário de suspensão de medicamentos para afinar o sangue, como, anticoagulante ou antiagregante plaquetário. Aqueles que dificultam o esvaziamento gástrico, como, por exemplo, Ozempic e Saxenda, devem ser suspensos conforme as instruções fornecidas no preparo.

A partir dos 70 anos, é necessário obter o risco cirúrgico para a realização do exame em ambiente ambulatorial. O procedimento será conduzido sob sedação venosa administrada por um médico anestesiologista, com preparo intestinal feito em casa.

Apesar de todas as medidas efetuadas na GASTROENDO para reduzir os riscos relacionados à ecoendoscopia, este exame não é isento de complicações. Estas podem estar relacionadas à sedação, e ao próprio exame. As principais complicações estão listadas no “consentimento informado” que lhe é apresentado antes do exame, e os nossos médicos estão à disposição para qualquer esclarecimento.

Por ser realizado sob sedação, o paciente fica inabilitado a conduzir veículos e pode ter lapsos de memória e dificuldade de concentração nas horas seguintes. Além disso, na eventualidade de precisarmos de autorização para algum procedimento adicional ou dar orientações específicas após o exame, o acompanhante torna-se responsável pela autorização e por transmitir as orientações dadas.

Menu

Menu

Menu